Capa » Cultura Inglesa » Ataques Terroristas na Inglaterra

Ataques Terroristas na Inglaterra

Spread the love

Com o terceiro ataque terrorista na Inglaterra em menos de 3 meses, conheça a história dos ataques na Terra da Rainha.

Ataques terroristas pré 1970

1605 – Gunpowder Plot

O atentado planejado por uma facção católica para assassinar o rei protestante James I durante a cerimônia anual de Abertura Parlamento Inglês é considerado o primeiro ataque terrorista na Inglaterra.

Com 36 barris de pólvora escondidos embaixo do Palácio de Westminster, Guy Fawkes e seus comparsas foram capturados e condenados por traição a coroa.

A pena, conhecida por “Hanged, drawn and quartered”, é uma lei de 1351 para altos crimes contra a coroa. A pena consistia em arrastar o condenado até o local da execução amarrado atrás de um cavalo, onde o mesmo era enforcado (quase até a morte), castrado, degolado e esquartejado, com os restos mortais expostos em praça pública, em locais como a London Bridge.

IRA e o terrorismo nos anos 70

Ataques com vítimas fatais: 8

O Exército Republicano Irlandês - IRA
O Exército Republicano Irlandês – IRA

O IRA, Irish Republican Army (pronunciado como uma sigla, e não “ira” como na mídia Brasileira), foi o grande responsável por ataques terroristas em solo Inglês entre a década de 70 até o início dos anos 2000, quando facções do próprio exército republicano passaram a assumir a autoria de ataques.

O primeiro incidente foi em 1971, por um grupo conhecido como “The Angry Brigade”, parte do grupo Irlandês IRSM, que fez com que a Scotland Yard criasse seu primeiro time especializado em bombas.

Explosivos foram detonados na residência de parlamentares (1971), agências do Royal Mail (1971), Quartel em Aldershot (1972, 7 mortos), King’s Cross Station (1973), Onibus na rodovia M62 (12 mortos), Parlamento (1974) e um Pub em Birmingham (1974, 21 mortos), além de outros assassinatos e inúmeros ataques sem vítimas fatais.

Lockerbie Bombing e os ataques da década 1980

Ataques com vítimas fatais: 10

O primeiro ataque da década de 80 foi talvez um dos mais famosos casos de terrorismo, quando funcionários da embaixada Iraniana foram detidos por terroristas durante 6 dias, antes de serem resgatados pela SAS ao vivo pela TV.

Em 1982, 11 membros da cavalaria real morreram durante um ataque do IRA ao Hyde Park, no centro de Londres. Em 17 de Dezembro de 1983, 6 pessoas morreram durante um bombardeio à loja Harrods, ferindo mais de 90 pessoas que faziam suas compras de Natal.

Em 1984, 5 foram mortos em uma explosão em Brighton, que tinha como alvo a Primeira Ministra Margaret Thatcher. Em 1988, no que ficou conhecido como Lockerbie Bombing, uma bomba detonada em um avião da Pan Am partindo do Aeroporto de Heathrow matou todos os 243 passageiros, 16 tripulantes e mais 11 pessoas atingidas pelos destroços em Lockerbie, Escócia. Em 1989, uma base dos Royal Marines em Kent explodiu matando 11.

Uma das áreas atingidas pelos destroços do avião em Lockerbie
Uma das áreas atingidas pelos destroços do avião em Lockerbie

Anos 90 – Prédios públicos como alvo do terror

Ataques com vítimas fatais: 13

Os alvos dos ataques terroristas na Inglaterra passam de bases militares para prédios públicos civis. Pontos turísticos como a Victoria Station (1991), London Bridge Station (1992), Estádio de Wembley (1990 – 1 morto) e até a Bolsa de Valores de Londres (1990) foram alvos de bombardeios do IRA, porém, a organização também passou a atacar lojas e shopping centres em áreas mais remotas da Inglaterra.

Até o ataque no show da cantora Ariana Grande, o incidente conhecido como Manchester Bombing se referia a um explosivo de 1.5 toneladas que detonou um shopping, ferindo 206 pessoas em 1996.

Em 1997, um tratado de cessar fogo foi feito com o IRA, diminuindo o número de incidentes.

Porém em 1999, o britânico neo-nazista David Coperland detonou 3 bombas caseiras que tinham como alvo a comunidade negra, bangladeshi e gay respectivamente, matando 3 pessoas e ferindo 129. Ele recebeu 6 penas de prisão perpétua e continua cumprindo pena na Inglaterra.

2000 – O Novo IRA e Extremistas Islâmicos

Ataques com vítimas fatais: 03

O chamado Real Irish Republican Army se formou em 1997 como um grupo de militantes do IRA que não aceitou os termos do tratado de cassar fogo e lutam por uma Irlanda unida. O grupo assumiu a autoria de ataques terroristas incluindo na sede da BBC e no MI6.

7/7

terrorismo em Londres
O Onibus em Tavistock Square, destruído pelo ataque

O ataque terrorista de 7 de julho de 2005 em Londres que matou 56 pessoas, incluindo os 4 homens bomba, é o maior ataque terrorista em solo Inglês até o momento e o primeiro de autoria de extremistas islâmicos.

Quatro mochilas contendo explosivos foram detonadas em 3 carros do metrô e 1 ônibus no centro de Londres. O clima de pânico na capital culminou com o assassinato do brasileiro Jean Charles de Menezes pela polícia Londrina durante a busca de suspeitos por outro incidente com bombas no transporte público no dia 21 de julho.

2010 – Presente

Ataques com vítimas fatais: 06

Vários incidentes isolados aconteceram desde o inicio da década. Em 2013, um estudante Ucraniano detonou bombas caseiras e esfaqueou Mohammed Saleem em Birmingham, admitindo para a policia que seu objetivo era iniciar uma guerra civil. Um soldado Inglês foi assassinado por dois extremistas Islâmicos em Woolwich em 2013.

Em 2015, um homem armado com uma faca atacou e passageiros no metrô em Londres gritando “This is for Syria”. A parlamentar Jo Cox foi esfaqueada e morta pelo Escocês Thomas Mair, que gritava “Britain First”.

2017

22/03, Londres: O Britânico Adrain Elms, mais tarde conhecido como Khalid Masood, jogou seu carro contra pedestres na ponte de Westminster, antes de invadir o terreno do palácio com uma faca. Um policial, 5 civis e o terrorista foram mortos e 49 feridos.

22/05, Manchester: 22 mortos e 120 feridos durante a explosão na Manchester Arena após o show da cantora Ariana Grande.

03/06, Londres: Pelo menos 7 pessoas mortas. Ainda em andamento

THREAT LEVELS

O risco de um ataque terrorista na Inglaterra é medido pelo MI5 em 5 níveis.

LOW significa que um ataque é pouco provável.
MODERATE ataque possível, mas improvável
SUBSTANTIAL um ataque é possível
SEVERE grandes chances de ataque
CRITICAL ataque iminente

O nível no momento é: SEVERE segundo o https://www.mi5.gov.uk/threat-levels

Check Also

Como Saber o Ano de um Carro Pela Placa Na Inglaterra

Spread the loveConheça o sistema Inglês de emplacamento que permite saber o ano e o ...

são jorge

Quem é o santo padroeiro da Inglaterra?

Spread the loveApesar de não ser Inglês, o santo padroeiro da Inglaterra, que também dá ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *