Capa » Noticias da Inglaterra » Ciência e Tecnologia » Cientistas Britânicos usam Ecstasy para tratamento do câncer

Cientistas Britânicos usam Ecstasy para tratamento do câncer

Pesquisadores da Universidade de Birmingham afirmam que a droga sintética, também conhecida como MDMA, poderá ser utilizada no tratamento de linfomas, leucemia e mielomas depois de suprimir o crescimento de células cancerosas em mais de 100 vezes.

comprimidos de Ecstasy

A droga Ecstasy já era conhecidamente eficaz contra mais da metade dos cânceres de células brancas do sangue, mas até esse estudo, uma grande dose era necessária para tratar um tumor, o que também teria matado o paciente.

Mas um estudo publicado no jornal New Medicines, cientistas afirmam que uma a droga poderia ser usada por médicos para tratar o câncer, se puder ser ministrada de forma segura.

O Professor John Gordon, autor e chefe da pesquisa disse: “Este é um passo interessante no sentido de utilizar uma forma modificada de MDMA para ajudar pessoas que sofrem de câncer no sangue.”

“Embora não querermos dar às pessoas uma falsa esperança, os resultados desta pesquisa têm o potencial para melhorar o tratamento nos próximos anos.”

A Dra. Julie Sharp, do Cancer Research UK disse: “Como o MDMA é uma droga perigosa, os pesquisadores também precisam descobrir se podem criar versões seguras para tratar as pessoas com a doença.”

“Embora as taxas de sobrevivência para a leucemia têm melhorado ao longo dos últimos 30 anos, novas abordagens ao tratamento ainda são necessárias para combater a doença de forma ainda mais eficaz.”

birmingham.ac.uk

Check Also

coruja1

Roy Hodgson tem cara de coruja

Roy Hodgson – O técnico da seleção Inglesa e sua incrível semelhança com uma coruja.

Rich_list

Os mais ricos da Inglaterra 2014

Londres é a capital com o maior número de bilionários do mundo. Conheça os mais ...


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/content/37/8844237/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273