Capa » Noticias da Inglaterra » “Eu não sou tão pervertida” revela a autora de Cinqüenta Tons de Cinza em entrevista

“Eu não sou tão pervertida” revela a autora de Cinqüenta Tons de Cinza em entrevista

A autora Inglesa E L James deu uma rara entrevista sobre Cinqüenta Tons de Cinza, sexo e o natal em que ganhou um abridor de latas do marido.

E L James durante entrevista no lançamento de Cinqüenta Tons de Cinza: Os clássicos

E L James deu uma entrevista durante o lançamento do disco Cinqüenta Tons de Cinza: The Classical Album, definido pela autora Inglesa como ‘inspiração para a trilogia’ e “music to f— to”.

Porque música clássica?

“Eu escrevo com música o tempo todo. Eu adoro meus fones de ouvido e tenho uma playlist enorme para escrever. Eu tenho uma música para cada ocasião e muitas delas acabaram entrando nos livros.”

Porque música clássica para Cinqüenta Tons de Cinza?

“O protagonista Christian Grey gosta de música clássica e toca piano.”

Christian é frio e controlador, porque você acha que a música clássica combina com sua personalidade?

Christian Grey é controlador, mas eu não diria que ele é completamente frio. Ele é um cara solitário e na verdade ‘He’s pretty f—– up’.”

Você já conheceu alguém como Christian Grey?

“Oh, quem me dera!”

O que você quer dizer?

“Eu acho que você pode imaginar…”

Qual dimensão a musica clássica trás para o livro e porque você escolheu os clássicos?

“It’s music to f— to. We all want that”.

Você pesquisou muito para escrever Cinqüenta Tons de Cinza?

“Eu me diverti muito pesquisando para escrever meus livros.”

Eu imagino que existem dois tipos de pessoa que lêem suas obras: gente que já teve uma vida sexual bastante ativa e acabaram se acalmando com o tempo e outros que ainda não tiveram muitas experiências sexuais como adolescentes.

Eu espero que adolescentes não estejam lendo Cinqüenta tons de Cinza, mas posso dizer que tenho leitoras de todas as idades: De jovens universitárias à aposentadas de 90 anos.

Eu recebo emails todos os dias dizendo ‘você salvou meu casamento’, mas que é realmente tocante são vítimas de violência sexual dizendo ‘seu livro me ajudou muito’. Isso sempre me emociona.

E o seu casamento? Seu marido Niall Leonard assumiu outro dia que é ‘o cara menos romântico do mundo’ e que te deu um abridor de latas no seu primeiro natal juntos…

“É, um abridor de latas, mas ele nunca mais cometeu o mesmo erro, acredite.”

Muita gente lê seus livros em e-readers como o Kindle. Você acha que isso ajuda?

“Absolutamente! A liberdade que se tem com um leitor eletrônico permite que você leia o que quiser em público sem o julgamento das pessoas. Eu desenvolvi capas discretas para os meus livros para que ninguém soubesse de cara do conteúdo erótico.”

Você esperava que seus livros fizessem tanto sucesso?

“Nunca. Eu certamente nunca preví esse sucesso todo e ainda acho difícil de acreditar. É bastante bizarro.”

Qual é a maior fantasia das suas leitoras – aventuras sexuais como a do livro ou ser sustentada por um bilionário de 27 anos?

“Nenhum dos dois. O que atrai as mulheres é o romance. Mulheres gostam de ler sobre paixão.”

Se um homem tivesse escrito Cinqüenta Tons de Cinza sobre o ponto de vista de Christian Gray, você acha que a história faria tanto sucesso?

“Eu não faço ideia, mas muitas pessoas me perguntam sobre o ponto de vista de Christian. Quem sabe eu escreva isso um dia.”

No livro, nós descobrimos acontecimentos traumáticos do passado de Christian. Isso é uma desculpa para seu sado-masoquismo?

“Muita gente me pergunta isso, mas eu acredito que exista muitos adeptos à esse tipo de sexo sem traumas de infância e vice-versa.”

Sobre os apetrechos sexuais. Onde você descobriu tudo aquilo?

“Online. Você ficaria chocada com coisas que existem nessa indústria.”

Você disse certa vez que Cinqüenta Tons de Cinza é sua crise de meia idade. É sério?

“Eu admito que sim. Eu trabalhava em um lugar que eu odiava e descobri a escrita depois de ler a série Crepúsculo. Eu parei de beber tanto quando comecei a escrever e isso me fez muito bem.

Tudo aconteceu muito rápido. Eu passei de completamente desconhecida para a lista das 100 mulheres mais influentes do mundo em menos de 1 ano.

Eu escrevi esses livros para mim, e esse é o conselho que eu dou para qualquer autor: “Escreva para você”. Outras pessoas parecem gostar das minhas fantasias mas acredite, eu não sou tão pervertida assim.”

Fifty Shades of Grey: The Classical Album estará a venda à partir de 17 de setembro.

Veja também:

Cinqüenta Tons de Cinza bate record de Harry Potter na Inglaterra

Emma Watson em Cinqüenta Tons de Cinza

E. L. James

http://www.telegraph.co.uk/culture/books/booknews/9525679/Fifty-Shades-of-Grey-author-Im-not-such-a-pervert.html

Check Also

coruja1

Roy Hodgson tem cara de coruja

Roy Hodgson – O técnico da seleção Inglesa e sua incrível semelhança com uma coruja.

Rich_list

Os mais ricos da Inglaterra 2014

Londres é a capital com o maior número de bilionários do mundo. Conheça os mais ...


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/content/37/8844237/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273