Capa » Inglês Britânico » Os 10 Piores sotaques Britânicos do Cinema

Os 10 Piores sotaques Britânicos do Cinema

As piores tentativas de imitar um sotaque Britânico da história de Hollywood.

keep calm posterTentar compilar uma lista dos piores sotaques Britânicos do cinema e escolher apenas 10 foi uma tarefa difícil e dolorosa.

Aqueles que não entraram para a lista mas merecem uma menção são Demi Moore em Flawless: Um Plano Brilhante e Joaquin Phoenix no Gladiador.

Mas em defesa dos americanos, os Britânicos não facilitam: se nem os Londrinos conseguem fazer um sotaque Cockney convincente, os pobres americanos não tem chance nenhuma. Veja também Gentílicos em Inglês

Enfim, aqui vão as tentativas mais excruciantes de imitar um sotaque Britânico do cinema:

Mischa Barton – St Trinian’s (2007)

Mesmo sendo nascida em Londres de pai Inglês e mãe Irlandesa, a personagem de Mischa ainda consegue assassinar o Inglês da Rainha sem piedade.

Ela pode até ser perdoada por uma escorregada aqui outra alí por ter supostamente vivido nos Estados Unidos, mas: “Before you know it you’ve married a footbawler and bort the Barharmas” não tem desculpa.

Heather Graham – From Hell (2001)

No papel de uma das prostitutas vítimas de Jack Estripador, Graham não convence nem um pouco – era pra ela ser Canadense? Irlandesa? Perto da pronuncia impecável de Capitão Jack Sparrow, Graham com certeza não veio do mesmo país que Depp.

Kevin Costner – Robin Hood: O Príncipe dos Ladrões (1991)

Quando Robin (Kevin Costner) e Azeem (Morgan Freeman) são capturados nos primeiros 10 minutos de filme, Costner faz um vago esforço de suavizar seu sotaque Americano. Depois disso, o Inglês da Rainha foi ladeira abaixo até deixar de existir completamente no final do filme.

Madonna – Swept Away (2002)

Para a sorte de Madonna, seu sotaque forçado foi um dos menores problemas dessa bomba do box office.

Natalie Portman – V de Vingança (2005)

Mais pomposa que o Príncipe William com a boca cheia de batata, o Inglês pseudo-aristocrático da Natalie em V não é horrível, mas é ruim o suficiente para te faz pensar porque ninguém lhe deu uma aulinha.

Mike Myers (como Fat Bastard) – Austin Powers: O Espião Irresistível (1999)

Mike Myers sabe fazer um bom sotaque Escocês, como provou no filme “Uma Noiva e Tanto” de 1993, mas o Fat Bastard acabou parecendo um lenhador Canadense.

Christopher Lambert – Highlander (1986)

Sean Connery era pra ser de Egípcio, Christopher Lambert era pra ser Escocês, o que resulta em um Escocês fazendo papel de Egípcio e um Francês fazendo papel de Escocês. Confuso e clássico!

Keanu Reeves e Winona Ryder – Dracula de Bram Stoker (1992)

O sotaque Britânico de Keanu Reeves só não é pior do que o cabelo dele. A tentativa de Winona em simular uma lady Inglesa é pior ainda.

Dick Van Dyke – Mary Poppins (1964)

O pai de todos os sotaques ruins não tem nada de supercalifragilisticexpialidocious.

Denzel Washington – No Limite do Ódio (1988)

No drama, Denzel é um veterano Britânico da Guerra das Malvinas decepcionado com o que encontra de volta na Inglaterra. A Inglaterra também se decepcionou com você Denzel!

Check Also

meh

As 10 Melhores Palavras que a Internet Acrescentou ao Inglês

Tom Chatfield, autor de “Netmologia: Uma celebração Linguística do Mundo Digital”, conta a história das ...

redundancy

Como ser mais direto em Inglês?

Veja a lista das principais palavras desnecessárias na língua Inglesa e aprenda a estruturar melhor ...


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/content/37/8844237/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273