Capa » Noticias da Inglaterra » Ciência e Tecnologia » Transexual Britânico ganha mais de R$200 mil da saúde pública para mudar de sexo

Transexual Britânico ganha mais de R$200 mil da saúde pública para mudar de sexo

Lee Carter teve todas as despesas de sua transformação pagas pelo governo Britânico.

Lee Carter

Tomando uma cerveja e batendo papo sobre futebol num Pub, Lee Carter parece ser um cara como qualquer outro. Mas Lee, de 43 anos, viveu a maior parte de sua vida como Lisa, e nos últimos três anos foi submetido a varias cirurgias e tratamento hormonal para se tornar um homem.

O procedimento, que envolve várias operações e custa mais de £ 60.000 (R$204.000), foi totalmente financiado pelo NHS, o sistema publico de saúde Britânico.

Lee tem apenas dois mais duas operações antes que o tratamento seja concluído.

Ele disse: “Eu perdi metade da minha vida vivendo no corpo errado e agora eu finalmente me sinto normal. Antes desta cirurgia minha vida não tinha sentido, eu tinha pouca auto-estima e eu nunca fui feliz. Agora eu posso começar a minha vida outra vez.”

Lee nasceu Lisa Keepence, e até os três anos de idade era uma menina típico. Ele disse: “Minha mãe queria colocar meu cabelo em cachos e me vestir com saias.”

Mas a partir de suas primeiras lembranças, Lee sabia que não era do sexo feminino. Ele disse: “Desde cerca de três anos eu sempre tive uma bola de futebol no pé.

“Crescendo, eu jogava futebol com os meninos. Minha irmã mais nova tinha bonecas, mas eu nunca as toquei. No segundo grau, eu cortei meu cabelo curto e me vestia desalinhado como qualquer adolescente.”

“Meus pais achavam que eu era apenas uma moleca, mas eu sabiam que era diferente, especialmente quando comecei a me interessar por garotas. Eu não me sentia como uma lésbica, eu me sentia como um menino se sente sobre uma menina”.

A puberdade também trouxe mudanças em seu corpo que ele odiava.

Lee, de Berkhamsted, Herts, disse: “Meus seios cresceram, mas eles só me confundiam. Eu me sentia como se eles não fizessem parte de mim. E eu odiava ficar menstruada…”

Após deixar a escola, Lee abriu uma empresa de limpeza em Islington, norte de Londres, e tentou viver o melhor possível como Lisa, enquanto namorava mulheres.

Ele disse: “Eu prendia meus seios, mantinha o meu cabelo curto e usava roupas masculinas.

“Nenhum dos meus relacionamentos funcionou. Embora eu agisse como um homem, e as mulheres que eu estava disseram que se sentiram como se estivessem namorando um homem, quando se tratava de sexo, meu interior não correspondia ao meu lado de fora, num ponto que eu me senti suicida. ”

Foi só depois de uma conversa em 2008 com uma ex-namorada, cujo amigo tinha passado por uma troca de sexo, que Lee percebeu que havia outra opção.

Ele disse: “Minha ex arranjou uma consulta para mim. Eu entrei e não tinha idéia de por onde começar, então eu disse ao médico:” Minha vida não vai bem, eu estou no corpo errado e preciso de ajuda. ”

Estima-se que cerca de 10.000 pessoas no Reino Unido tem dismorfia de gênero, onde eles acreditam que são de um sexo diferente do sexo com que nasceram.

Cerca de 6.000 foram submetidos a algum nível de transição, ou troca de sexo, dos quais 80% vão de masculino para feminino, com apenas 20% de feminino para masculino.

Lee foi enviado para analise e o NHS concordou em financiar o procedimento. Em Maio de 2008 ele começou com injeções de testosterona, um tratamento que ele vai continuar a cada três semanas pelo o resto de sua vida.

Lee disse: “Sei que as pessoas dirão que o serviço de saúde não deveria ter financiado o meu tratamento, mas eu pediria que eles tenham um pouco de compaixão e compreensão. Você não pode simplesmente entrar em um hospital e pedir um pênis, é um procedimento difícil e doloroso. Sem isso a minha vida nunca teria sido certa, e eu não poderia ter pago. Por anos eu trabalhei e paguei meus impostos, assim como meus pais.”

Após o tratamento hormonal, Lee percebeu uma mudança imediata na forma como ele foi percebido. Ele disse: “Primeiro minha menstruação parou. Então minha voz ficou mais grave e as pessoas começaram a me chamar de ‘Sir’. Meu rosto e corpo mudaram de forma, pêlos e barba apareceram.”

Em seguida veio uma mastectomia total em Junho de 2010, onde os seios 36D de Lee foram removidos. Em Novembro de 2010 ele passou por uma faloplastia de 12 horas, onde os cirurgiões criaram um pênis em Lee usando pele e duas veias enxertadas de seu antebraço esquerdo.

Faloplastia

Lee disse: “Foi incrivelmente doloroso e meu braço foi imobilizado em uma tipóia por quatro semanas. Eu moro sozinho e quando cheguei em casa eu mal conseguia andar ou usar o meu braço. Houve uma tempestade de neve e os meus vizinhos se ofereceram para ajudar. Todos pensavam que eu tinha sofrido um acidente. É difícil saber o que a reação teria sido se eu tivesse dito o que realmente aconteceu.”

Em Maio deste ano cirurgiões removeram útero e ovários, Lee também recebeu um sistema urinario. Ele enfrenta mais uma cirurgia em Outubro, onde dois implantes de silicone serão usado para criar testículos.

O ultimo procedimento em Dezembro vai implantar em um dos testículos de Lee um sistema de bombas infláveis para lhe permitir ter uma ereção.

Lee disse: “A maioria das pessoas para depois de hormônios e remoção das mamas. Mas para mim, eu não seria um homem completo, a menos que um homem fisicamente e mentalmente.”

Famosos transexuais incluem pacientes como Chaz Bono – filho da cantora Cher – e Thomas Beatie, que causou sensação quando ficou grávido. Mas nem Chaz nem Thomas fizeram uma cirurgia de correção plena como Lee.

Quando Lee começou seu tratamento em 2008, ele também começou a estudar Business na Universidade de Hertfordshire. Ele está esperando até que sua cirurgia esteja completa antes de iniciar um relacionamento.

Lee disse: “Eu estou falando agora para ajudar a outros, mas mudança de sexo não é uma solução rápida. É cirurgia, dolorosa, arriscada e não há como voltar atrás…

“Minha mãe Michelle, que tem 63 anos, tem sido um apoio incrível e eu tenho sorte de ter o apoio de amigos e familiares. Finalmente minha mente e meu corpo estão trabalhando juntos e eu posso ser o homem que eu sempre sonhei.”

Check Also

coruja1

Roy Hodgson tem cara de coruja

Roy Hodgson – O técnico da seleção Inglesa e sua incrível semelhança com uma coruja.

Rich_list

Os mais ricos da Inglaterra 2014

Londres é a capital com o maior número de bilionários do mundo. Conheça os mais ...


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/content/37/8844237/html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273